Hospital Regional do Vale do Paraíba promove evento sobre Lesão por Pressão

Home / Hospital Regional do Vale do Paraíba promove evento sobre Lesão por Pressão

Hospital Regional do Vale do Paraíba promove evento sobre Lesão por Pressão

 

Em comemoração ao Dia Mundial de Prevenção de Lesão por Pressão (LPP), celebrado em 20 de novembro, o Hospital Regional do Vale do Paraíba, em Taubaté, promoveu um evento com programação englobando palestras e dinâmicas voltadas para acadêmicos e profissionais de saúde. 

 

A Lesão por Pressão é caracterizada por dano na pele ou mucosa, relacionado a pressão intensa e/ou prolongada, em regiões de proeminência óssea ou ao uso de dispositivo médico. Ela é comum em pacientes acamados com limitações e pelo uso constante de cadeira de rodas, podendo apresentar-se em pele íntegra ou como úlcera aberta.

 

O evento teve início com o Enfermeiro da Qualidade, Marcelo Feitosa, e a Coordenadora do Ambulatório, Enfermeira Vanessa Baratieri, que apresentaram o cenário no Hospital Regional, abordando os protocolos de acompanhamento do paciente da admissão à alta, os critérios e ferramentas para identificação de risco à lesão e as medidas de prevenção utilizadas pela equipe do HR.

 

 

A Enfermeira e Assessora de Treinamentos, Mariana Datrino, foi convidada para falar de forma aprofundada sobre os estágios e medidas preventivas da LPP. A profissional explicou que o surgimento da lesão é multifatorial e pode estar associado ao estado de saúde do paciente e à tolerância do tecido a pressão, cisalhamento, fricção ou mesmo pela temperatura e umidade da região entre a pele e a superfície de contato. “O mais importante a se fazer é prevenir porque, além de prolongar a permanência do paciente no hospital e causar sofrimento, a LPP aumenta o risco de complicações, custos e pode, ainda, ser causa de reinternação após alta hospitalar”, explicou a enfermeira.

 

Para a Coordenadora do Ambulatório do HR, o conhecimento e atenção do profissional de enfermagem são fatores, muitas vezes, mais importantes que a qualidade de recursos materiais, como curativos. “Não adianta investir em produtos de última geração se o cuidado básico não for realizado. Ou seja, é preciso fazer a mudança de decúbito. O simples ato de mudar o paciente de posição de forma adequada, pensando sempre em proteger áreas do corpo que são mais sensíveis à este tipo de lesão, é a melhor forma de prevenção”, disse a Enfermeira, Vanessa Baratieri, durante evento.

 

Ao final, uma dinâmica para testar os conhecimentos foi trazida para a palestra. Casos de Lesões foram analisados e classificados de acordo com os estágios abordados. Com auxílio de um boneco, o público ainda identificou regiões de risco de lesão conforme posição e situação do suposto paciente.  

 

Ao todo, 142 pessoas participaram do evento do Dia Mundial de Prevenção de Lesão por Pressão do Hospital Regional do Vale do Paraíba, entre estudantes de enfermagem, profissionais de saúde da região e do Hospital.

(12) 3634-2000

Hospital Regional do Vale do Paraíba - ©2020 - Todos os Direitos Reservados