Enfermagem do HR conquista prêmio de Gestão com Qualidade

Gestores do HR criam projetos para Gestão enxuta na saúde

Hospital Regional promove Curso para gestantes

Missa e Semana de Enfermagem marcam comemorações do aniversário do HR

Hospital Regional discute aspectos jurídicos e éticos da Responsabilidade Médica
Ver todas
 

Treinamento capacita profissionais e Doações de Órgãos no Vale aumentam 140%



O número de doações de órgãos no Hospital Regional do Vale do Paraiba teve um salto expressivo em 2010; prova disso é o aumento de cerca de 140% nas captações realizadas na região.

O crescimento é resultado do empenho do Governo de São Paulo, através da Secretaria de Estado da Saúde, em aprimorar o trabalho de captação nos hospitais e da implantação do projeto de criação de coordenadores intra-hospitalares de doação e transplante.

Esses profissionais têm como função identificar pacientes que possam ser potenciais doadores, acompanhar o processo de realização de exames e de entrevista junto à família. “Este profissional está preparado para, não só realizar os exames de morte encefálica, como também difundir os conhecimentos sobre os exames clínicos e complementares aos demais médicos, replicando a mensagem passada pela Coordenadoria de Transplantes, responsável pela capacitação”, comenta o Diretor Técnico e Coordenador da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos do Hospital Regional, Dr. Caio Lúcio Soubhia Nunes.

 


Em 2008, apenas uma doação foi realizada. Já no ano passado, saltou para 5 o número de doadores e 2010, até a primeira quinzena de novembro, 12 doações de órgãos foram concretizadas.

 

A Comissão Intra-Hospitalar é formada por membros das áreas Clínica, de Psicologia e Enfermagem que funcionam como multiplicadores e auxiliares do processo junto aos profissionais responsáveis pelo diagnóstico e protocolo de morte encefálica, geralmente médicos das Unidades de Terapia Intensiva (UTI’s), de Neurocirurgia e do Serviço de Emergência. Só que, mesmo com todo o empenho técnico, uma das dificuldades encontradas é a relutância das famílias no momento da autorização da doação dos órgãos de um ente querido.

 

No Brasil, a doação de órgãos só acontece após autorização familiar, independente de qualquer manifestação por escrito por parte do paciente. Devido à preocupação em se realizar um diagnostico preciso, o tempo que resta é precioso para o parecer da família do paciente.

 

A crucial decisão deve ser dada em tempo hábil para a equipe dar início ao processo de captação que, no caso do Hospital Regional, irá envolver uma Equipe Especializada da Unicamp. “Como o paciente se encontra em morte encefálica é muito difícil manter a viabilidade os órgãos e quanto menor o tempo entre o diagnóstico e a doação mais vidas poderão ser salvas”, acrescenta Dr. Caio.

 

O Hospital Regional integra a lista de instituições apoiadores do “Doar São Paulo”, um projeto da Secretaria Estadual de Saúde que já conseguiu triplicar o número de doações em 31 hospitais cadastrados no Estado.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa – Novembro/2010


 
Hospital Regional do Vale do Paraíba - Todos os Direitos Reservados - Resolução 1024x768
 
Avenida Tiradentes, 280 - Jardim das Nações, Taubaté /SP - CEP: 12030-180 - Taubaté/SP - Telefone: (12) 3634-2000