Alimentação nas diferentes fases da vida

Tempo seco e as Doenças de Inverno.
Doença Renal Crônica: problema de saúde pública
Ultrasson Intra-coronária





 


Alimentação nas diferentes fases da vida
A adoção de um estilo de vida saudável requer disciplina e conhecimento sobre o que é fundamental para cada indivíduo. As necessidades de nutrientes variam em cada uma das fases de formação do ser humano e, por isso, resolvemos apresentar algumas orientações sobre como cumprir bem essa missão com o nosso corpo.
A nutrição em níveis corretos pode aprimorar os rendimentos físicos, potencializar o desenvolvimento de crianças e adolescentes e conservar a saúde. 

 

1 - Gestante
A alimentação da mãe durante a gravidez influenciará a saúde do bebê por toda a sua vida. A gestante não deve comer POR dois, mas consumir PELOS dois os nutrientes essenciais para a sua saúde e do bebê.
Recomendação de ganho de peso: a partir do 3º mês = acréscimo de 300 Kcal/dia (Recommended Dietary Intakes)

 

2 - Lactente
Segundo a Organização Mundial de Saúde: 0-6 meses – aleitamento materno exclusivo. A partir do 6º mês, a criança deve iniciar uma alimentação complementar, e manter o aleitamento materno até os 02 anos de idade. Esta alimentação deve ser a mais natural possível, sem alimentos industrializados, açúcares e sal. Em caso de recusa de um novo alimento, não desista!

 

3 - Criança
Nesta fase, os hábitos alimentares dos pais serão determinantes na formação das escolhas nutricionais das crianças. Não devem haver alimentos proibidos, entretanto, o consumo de guloseimas deve ser controlado, e nunca utilizado como forma de recompensa ou castigo, esta não é uma boa associação!

 

4 - Adolescente
De acordo com um estudo recente realizado na Inglaterra, apenas 01 em cada 13 adolescentes consome a quantidade indicada de frutas (05 porções/dia), e quase metade não consome ferro suficiente, tão importante no combate às infecções. A orientação dos pais é fundamental para mudanças e práticas de hábitos saudáveis!

 

5 - Adulto
Surgem as preocupações com as doenças, manutenção do peso ideal, pele e cabelo saudáveis, e ainda precisamos de energia suficiente para lidar com o estresse e a correria do dia-a- dia. Regras imprescindíveis: fracionar as refeições (6x/dia – 3/3h); 05 porções de frutas e verduras/dia; evitar sal, açúcar e frituras e evitar o sedentarismo!

 

6 – IDOSO
Nesta fase é muito importante uma alimentação balanceada, atenta à ingesta de proteína, vitaminas e sais minerais.
Atenção especial ao ferro, na prevenção da anemia e ao cálcio, pois a taxa de descalcificação óssea aumenta junto com a idade.  Caso haja perda do apetite, conversar com uma Nutricionista ou com seu Médico!

 

7- Uma alimentação saudável pode proporcionar a você uma melhor qualidade de vida. Procure sempre orientação profissional. Somente um nutricionista pode avaliar corretamente as necessidades alimentares de cada indivíduo!

 

MARCELA SIMÕES é Coordenadora do Serviço de Nutrição e Dietética do Hospital Regional do Vale do Paraíba; Formada pela UMC - Universidade de Mogi das Cruzes; Pós-graduada em Nutrição Clínica pelo IMeN.


 

 
Hospital Regional do Vale do Paraíba - Todos os Direitos Reservados - Resolução 1024x768
 
Avenida Tiradentes, 280 - Jardim das Nações, Taubaté /SP - CEP: 12030-180 - Taubaté/SP - Telefone: (12) 3634-2000